Política
Compartilhar

Nise se filia ao PTB para disputar Senado, e aliado diz que Janaina é de centro-esquerda

A médica Nise Yamaguchi ficou conhecida durante à pandemia da Covid-19 por fazer parte do 'gabinete paralelo' no governo Bolsonaro

Fábio Zanini - Folhapress - 20 de fevereiro de 2022, 19:24

Jefferson Rudy/Agência Senado
Jefferson Rudy/Agência Senado

A médica Nise Yamaguchi, que ficou conhecida durante à pandemia por fazer parte do "gabinete paralelo" que tomava decisões sobre a Covid-19, decidiu se filiar ao PTB, em um evento marcado para esta segunda-feira (21).​ O objetivo é ser candidata ao Senado por São Paulo.

"Existe um compromisso do partido nesse sentido. O PTB sabe que o objetivo dela é esse", diz o empresário Antônio Ribas Paiva, que também vai se filiar e deve ser um dos suplentes dela.

Segundo Paiva, a médica será a única candidata conservadora ao Senado no estado, mais até do que a deputada estadual Janaína Paschoal. "Janaína é de centro-esquerda, não é conservadora. Para propor o impeachment de Dilma, aliou-se a um ex-petista, o Helio Bicudo", diz.

Nise deve apoiar ao governo a candidatura do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, mas sem participar formalmente da chapa.