No Facebook, Dilma chama afastamento de ‘golpe’

Mariana Ohde


A presidente Dilma Rousseff publicou em seu perfil no Facebook nesta quinta-feira (12) mensagens em que classifica a decisão do Senado de prosseguir com o processo de impeachment de “golpe”. Dilma, que acompanhou toda a votação da admissibilidade do processo de impeachment no Palácio da Alvorada, disse que “quanto mais uma palavra se aproxima da realidade que se quer esconder, maior o incômodo que seu uso traz”.

Até as 9h30, a presidente publicou duas mensagens.

No post, que traz o vídeo do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, em seu discurso de defesa da presidenta na sessão do Senado, Dilma destacou o trecho em que Cardozo alegou que “se está usando pretextos jurídicos para tirar do poder uma presidente legitimamente eleita do poder em uma injustiça histórica”.

Em outra postagem, Dilma afirma que “sem conseguir apontar o crime cometido, o Senado Federal decidiu afastar a presidenta Dilma e prosseguir com o impeachment”. O Senado aprovou a admissibilidade do impeachment com 55 votos favoráveis e 22 contrários. Estavam presentes no plenário 78 senadores. O presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), optou por não votar.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal