ENEM: notas foram corrigidas e prazo do SISU será ampliado, diz MEC

Redação

Senadores aprovam convocação de Weintraub por críticas ao STF

O ministro da educação Abraham Weintraub afirmou nesta segunda-feira (20) que as notas erradas do ENEM 2019 foram corrigidas. Além disso, informou que o prazo do SISU será prorrogado por mais dois dias. A nota do ENEM também é usada para distribuir as bolsas do FIES por meio do SISU.

Conforme Abraham Weintraub, 95% dos erros na nota do ENEM foram registrados em quatro cidades de Minas Gerais e Bahia. Em um vídeo publicado nas redes sociais, ao lado do presidente do Inep, Alexandre Lopes, o ministro pediu desculpas.

“O problema basicamente aconteceu na hora da impressão, que a máquina pulou, e não na hora de contabilizar a nota”, disse Weintraub.

Assim, o governo de Jair Bolsonaro decidiu ampliar em dois dias o prazo para inscrição no SISU. Os candidatos podem usar a nota do ENEM para concorrer a vagas nas universidades a partir desta terça-feira (21).

No entanto, o prazo agora segue aberto até domingo (26).

“Para quem tiver qualquer problema, a gente esta estendendo [o prazo] em mais dois dias”, completou Abraham Weintraub.

Organizado pelo Inep, o Exame Nacional do Ensino Médio é a principal porta de entrada dos estudantes para o Ensino Superior. A nota do ENEM é utilizada por universidades do Brasil e do exterior para selecionar os aprovados por meio do SISU. Além disso, a nota também define os bolsistas do Fies.

Previous ArticleNext Article