Notórios discutem eleições em Curitiba

Pedro Ribeiro


 

Foi  na sagrada Morretes, em uma tarde de sexta-feira ensolarada,  que um pequeno grupo de políticos da capital se reuniu, diante de uma costela de fogo de chão e um bom vinho, para discutir o quadro eleitoral nas principais cidades do Estado.  Enquanto o deputado federal João Arruda  traçava um perfil de quem ganha e quem perde, a unanimidade, é claro, aposta na eleição do deputado estadual Requião Filho para a prefeitura de Curitiba. Mas, para sair vitorioso, muitos búzios e rezas bravas ainda deverão acontecer, além de estratégias bizarras ou não como, por exemplo, chegar ao segundo turno diante de um quadro em que o ex-prefeito Rafael Greca e o atual Gustavo Fruet estão à frente nas pesquisas.

Planilhas, lápis e calculadoras nas mãos para captar e contar votos que dariam um fôlego ao PMDB paranaense. Enquanto o ex-deputado federal, Ângelo Vanhoni, ouvia o professorado, Luiz Fernando Delazari desenhava, em seu telefone móvel, os caminhos a trilhar. O advogado e apresentador político, Rochinha, apresentava um panorama diferenciado, voltado à atual situação econômica e política do País e os rumos que os partidos de esquerda vão tomar a partir da votação, pelo Senado, do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff. Muito se falou, também, sobre o quadro político no Congresso Nacional, em especial  relacionado à Câmara Federal com a possível saída de Eduardo Cunha. Na foto, João Arruda e o candidato do PMDB em Morretes, Marajá.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal