Política
Compartilhar

Ogier Buchi tem registro de candidatura negado pelo TRE

O candidato do PSL ao governo do Paraná, Ogier Buchi, teve sua candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral. ..

Roger Pereira - 18 de setembro de 2018, 15:04

(Foto: Rodolfo Buhrer &#124 La Imagem)
(Foto: Rodolfo Buhrer &#124 La Imagem)

O candidato do PSL ao governo do Paraná, Ogier Buchi, teve sua candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral. Por unanimidade os juízes do TRE acataram a impugnação imposta pela executiva nacional do partido, que contestou o registro individual do candidato.

Lançado candidato de última hora na convenção estadual do PSL, realizada em 4 de agosto, Ogier foi surpreendido pelo partido, que não registrou sua candidatura dentro do prazo legal, 15 de agosto, por orientação da executiva nacional da legenda, liderada pelo candidato a presidente da República Jair Bolsonaro.

Ogier, no entanto, fez o registro individual da candidatura, com base na jurisprudência da Justiça Eleitoral Tal registro foi impugnado pelo próprio partido e argumentação acatada pelo TRE, que entendeu que o partido tem autonomia sobre as candidaturas e coligações.

Como cabe recurso da decisão, Ogier, num primeiro momento, segue apto a manter sua campanha até decisão final do Tribunal Superior Eleitoral. No entanto, recentes decisões da Justiça Eleitoral têm impedido candidatos sem registro de fazerem campanha, como aconteceu com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Procurado, o candidato informou que está reunido com seus advogados para preparar o recurso "Estou impetrando hoje. Não desisto", afirmou.