Andrade fez contrato simulado para pagar fornecedora de campanha de Dilma, diz ex-presidente

Roger Pereira


O ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Marques de Azevedo afirmou nesta quinta-feira, 28, em audiência na 13ª Vara Federal de Curitiba, que a empreiteira fez um ‘contrato simulado’ de R$ 6 milhões com a empresa Pepper Comunicação Interativa para pagar despesas da campanha da presidente Dilma Rousseff.

“Foi feito um contrato simulado com a empresa Pepper de R$ 6 milhões. Essa empresa trabalhava em alguma coisa de internet para a campanha da presidente Dilma e foi feito. Foi feito e vigorou durante o ano de 2010 e não houve prestação de serviço. Houve uma comprovação, mas não houve prestação de serviço pra gente”, declarou, em seu primeiro depoimento ao juiz federal Sérgio Moro após fechar acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

O empresário afirmou, ainda, que podem haver outras empresas com contratos semelhantes ao da Pepper. “Nós encaminhamos ao Ministério Público uma dúvida que nós temos e estamos analisando de uma outra empresa que pode ter esta mesma questão semelhante à Pepper em 2010 e 2012. Nós não temos a conclusão, eu não tenho a conclusão, está sendo analisado contrato, pagamento, serviços que foram feitos, porque essa empresa tem histórico de trabalhar para a Andrade com produtos reais”.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="375621" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]