Após dois meses em Brasília, Cunha volta a presídio em Curitiba

Andreza Rossini


O ex-deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) voltou a Curitiba por volta das 10 horas desta terça-feira (21).

Ele estava cumprido pena no presídio da Papuda, em Brasília, desde o dia 15 de setembro. Cunha aguardava para ser ouvido pela Justiça Federal no processo em que responde por um suposto esquema de propinas envolvendo o Fundo de Investimentos FGTS.

O ex-presidente da Câmara volta para o Complexo Médico Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O político foi condenado a 15 anos e 4 meses de prisão na Lava Jato.

Na segunda-feira (20), o juiz federal Sérgio Moro negou mais um  pedido de transferência de Cunha. Ele pede para cumprir pena no Rio de Janeiro ou no Distrito Federal. Para Moro, os crimes cometidos pelo ex-deputado utilizaram a “influência política” do acusado e, por isso, a transferência se torna inconveniente.

Caso FGTS

O ex-vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Fábio Cleto, disse em depoimento de delação premiada que o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), recebia 80% da propina arrecadada entre empresas interessadas na liberação de verbas do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS). No início de julho, Cunha já havia negado as acusações. Em nota, ele também desafiou Cleto a prová-las.

A denúncia foi recebida pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da primeira instância da Justiça Federal em Brasília, em outubro deste ano.

Condenação

Cunha é condenado por corrupção passiva pela solicitação e recebimento de vantagem indevida no contrato de exploração de petróleo em Benin, na África; por três crimes de lavagem de dinheiro; e dois crimes de evasão fraudulenta de divisas. Segundo sentença, Eduardo Cunha recebeu US$ 1,5 milhão – atualmente de cerca de R$ 4.643.550.

O dinheiro teria sido depositado em contas não declaradas na Suíça. Em um longo depoimento ao juiz Sérgio Moro, Cunha negou as irregularidades e disse que nunca recebeu propina e nem manteve contas secretas no exterior.

 

 

Previous ArticleNext Article