Esse processo é ilegítimo e a denúncia uma farsa, diz Lula

Fernando Garcel e Roger PereiraEm depoimento, que durou cerca de 5 horas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se d..

Fernando Garcel - 10 de maio de 2017, 21:05

Fernando Garcel e Roger Pereira

Em depoimento, que durou cerca de 5 horas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se defendeu das acusações do Ministério Público Federal (MPF) que o apontam como recebedor de vantagens pagas pela empreiteira OAS envolvendo um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo, em troca de favores e contratos com a Petrobras. Durante o depoimento, Lula disse que o processo é ilegítimo e a denúncia uma farsa.

ANÚNCIO

Antes do juiz federal Sérgio Moro iniciar suas perguntas ao ex-presidente, os advogados que defendem a família de Lula pediram a retirada do nome da ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta em março deste ano, dos autos do processo.

Durante a primeira hora do depoimento, Lula respondeu perguntas de Moro sobre a compra da cota de um dos apartamentos do condomínio Solaris. O magistrado chegou a ser corrigido pelo advogado Cristiano Zanin sobre o documento da compra que envolve o imóvel. "O documento não diz imóvel, diz cota", declarou o advogado. Lula explicou sobre a aquisição da cota que correspondia a uma das unidades que depois se tornaria parte do triplex investigado. "Minha mulher desejou comprar uma cota da cooperativa Bancoop.