Jaques Wagner e Sérgio Gabrielli prestam depoimento como testemunhas de Lula

Narley Resende


Angelo Sfair, BandNews FM Curitiba

Seis testemunhas de defesa são ouvidas hoje (13) no processo que tem entre os réus o ex-presidente Lula. Entre os que prestam depoimentos estão o ex-ministro Jaques Wagner e o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, convocados pelos advogados do petista. Eles participam de audiência com o juiz Sérgio Moro por meio de videoconferência, durante a manhã. Os depoimentos de Wagner e Grabrielli são transmitidos de Salvador (BA) a Curitiba.

Na capital baiana, ainda pela manhã, participam de audiências outras duas testemunhas indicadas pelo ex-presidente da OAS Fábio Yonamine. Na parte da tarde, estão marcados outros dois depoimentos. Eles também são acontecem por videoconferência. Um deles em Barueri, às duas da tarde, outro em Osasco, às quatro horas.

Esse é o terceiro dia de audiências com testemunhas de defesa deste processo. Cerca de 80 pessoas foram indicadas pelos advogados dos oito réus do processo. As audiências dessa fase da ação começaram na semana passada e seguem até o mês que vem.

A denúncia envolve três contratos da OAS com a Petrobras, a reforma de um triplex no Guarujá, no litoral paulista, e o contrato de aluguel de um depósito para guardar bens presidenciais de Lula. O esquema de corrupção, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF), movimentou mais oitenta e sete milhões de reais (R$ 87,6 milhões).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="414111" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]