Leilão de imóveis de Youssef termina sem lances

Mariana Ohde


O leilão dos imóveis que pertenciam ao doleiro Alberto Youssef, um dos principais delatores da Operação Lava Jato, não teve nenhum lance. Os bens foram apreendidos durante as investigações e foram avaliados em R$ 6,9 milhões.

Foram anunciados cinco imóveis, no valor total de R$ 3 milhões, que fazem parte de um mesmo complexo, localizado no Campo de São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Foram disponibilizados, ainda, nove lotes em Salvador, sendo oito fatias de 4% e uma de 5,23% do imóvel comercial Connect Smart Hotel, localizado no condomínio Alfazema, no bairro de Pituba. As participações de 4% têm lance inicial de R$ 334,5 mil, enquanto a de 5,23% de R$ 437,4 mil.

Os lances poderiam ser feitos pelo site, mas nenhuma proposta de compra foi feita. Como os bens que não foram arrematados nesta segunda-feira (30), um novo leilão deve ser realizado no dia 13 de junho, com redução de 50% do valor de avaliação.

O pedido de alienação dos bens foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) e autorizado pela Justiça Federal do Paraná. Os imóveis serão vendidos como parte da restituição dos valores desviados pelo esquema de corrupção na Petrobras. No último dia 19, foi leiloado, por R$ 78 mil, um carro blindado, da marca Mercedes/Benz, que também foi apreendido com Alberto Youssef ainda no início da Operação Lava Jato. O comprador foi um empresário curitibano.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal