Lula diz que Lava Jato atingiu “grau de loucura”

Redação


Após se tornar réu em uma nova ação penal relacionada a Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se pronunciou em uma nota publicada nesta quarta-feira (21) e afirma que a operação chegou ao “grau de loucura”.

O pronunciamento ocorreu após reportagem publicada pela Folha de S. Paulo que aponta que três delatores da Odebrecht, entre eles o ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht, alegaram que parte da propina paga pela empresa foi na compra do imóvel do atual Instituto Lula, em setembro de 2010, intermediada pelo então deputado federal Antonio Palocci, com auxílio do assessor Branislav Kontic. O valor total com compra e manutenção do imóvel chegou a R$ 12 milhões.

> Moro acata denuncia e Lula vira réu em nova ação penal na Lava Jato

Essa é a terceira imputação contra o ex-presidente na Lava Jato. Neste ano, Lula também foi denunciado nas Operações Zelotes e Janus.

Na nota, o Instituto faz novas críticas ao juiz federal Sérgio Moro e aos procuradores do Ministério Público Federal (MPF). “A Lava Jato abriu um processo contra Lula por ele não ter recebido um terreno, que segundo a operação, seria destinado ao Instituto Lula. A Lava Jato reconhece, porque é impossível não reconhecer, que o terreno não é nem nunca foi do Instituto Lula ou de Lula. É o grau de loucura que a Lava Jato chegou na sua perseguição contra o ex-presidente”, diz a nota.

Capturar

Íntegra da nota enviada à Folha:

“Não comentamos supostas delações. Delações não são prova, quanto mais supostas delações. O ex-presidente não solicitou nenhuma vantagem indevida e sempre agiu dentro da lei. O terreno nunca foi do Instituto Lula e tampouco foi colocado à sua disposição. O imóvel pertence a empresa particular que lá constrói uma revenda de automóveis. Tem dono e uso conhecido. Ou seja, a Lava Jato acusa como se fosse vantagem particular de Lula um terreno que ele nunca recebeu, nem o Instituto – que não é propriedade de Lula, nem pode ser tratado como tal, porque o Instituto Lula tem uma personalidade jurídica própria. Todas as doações feitas ao Instituto Lula estão devidamente registradas e foram feitas dentro da lei.”

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="404857" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]