Ministro Meirelles depõe na Lava Jato como testemunha de defesa de Lula

Jordana Martinez


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, será testemunha de defesa do ex-presidente Lula em ação penal que investiga o apartamento Tríplex, no Guarujá, litoral paulista.

O depoimento está marcado para esta sexta-feira, 10, às dez e meia da manhã e será transmitido por videoconferência direto do gabinete ministerial, em Brasília. Atual chefe da economia no governo do PMDB, Meirelles também foi presidente do Banco Central nos oito anos do mandato de Lula no Planalto.

No mesmo dia, mas por videoconferência com São Paulo, também presta depoimento em favor de Lula, o ex-ministro do desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan. Esta etapa do processo, com audiências das testemunhas de defesa, começou no dia sete de fevereiro e segue até a metade do mês de março. Cerca de 70 pessoas foram convocadas pelos sete réus da ação.

Eles respondem por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Além da compra e da reforma de um apartamento Triplex no Guarujá, litoral paulista, o processo também apura irregularidades no aluguel de depósitos para a guarda de bens presidenciais de Lula. Os recursos ilícitos seriam consequência de irregularidades em três contratos da OAS com a Petrobras.

O esquema, segundo o Ministério Público Federal (MPF), movimentou mais de oitenta e sete milhões de reais (R$ 87,6 milhões).

Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="418349" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]