Moro acata pedido da defesa e marca novo interrogatório de Bendine

Narley Resende


Thaissa Martiniuk, BandNews FM Curitiba

O juiz Sérgio Moro aceitou pedido da defesa de Aldemir Bendine e marcou um novo interrogatório para o ex-presidente da Petrobras em ação penal em que ele é acusado de ter recebido três milhões de reais em propina da Odebrecht.

A nova audiência foi agendada para o dia 16 de janeiro de 2018. No último depoimento, em 22 de novembro, Bendine optou por ficar calado.

Primeiro, a defesa alegou que não teve acesso a documentos que considerava relevantes para dar sequência ao processo.

Outro motivo do silêncio foi o interrogatório do operador financeiro André Gustavo Vieira da Silva, réu na Lava Jato na mesma ação penal que envolve Aldemir Bendine.

Ele afirmou em interrogatório ao juiz Sérgio Moro que fez repasses de propina ao ex-presidente da Petrobras.

O operador deu detalhes de dois pagamentos que totalizaram 950 mil reais. Os recursos foram repassados de forma fraudulenta pela Odebrecht.

Após a audiência de André Gustavo, o ex-executivo da estatal se limitou a dizer que não responderia a nenhuma pergunta e afirmou que estava sendo vítima de um complô.

Aldemir Bendine está preso desde o dia 27 de julho deste ano, quando foi deflagrada a 42ª fase da operação Lava Jato, batizada de Cobra.

Previous ArticleNext Article