Moro autoriza Bumlai a consultar cardiologista

Mariana Ohde


Com CBN Curitiba

O juiz Sérgio Moro autorizou José Carlos Bumlai marque uma consulta com um cardiologista. A defesa alega que Bumlai desmaiou na cadeia na semana passada e tem apresentado, com frequência, episódios de pressão alta.

Bumlai foi condenado a cerca de nove anos de prisão em setembro pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Ele foi preso em novembro de 2015, na 21ª fase da Operação Lava Jato, a Passe Livre.

Problemas de saúde

Com a decisão de Moro, o pecuarista será levado do Complexo Médico Penal, em Pinhais, até um hospital de Curitiba, com escolta da Polícia Federal (PF). O juiz atendeu a um pedido da defesa do pecuarista, que alegou que ele tem apresentado, quase que diariamente, episódios de pressão alta e chegou a desmaiar dentro da cela na semana passada. Bumlai também estaria com tonturas recorrentes e tremedeiras.

Aos 71 anos, o pecuarista tem enfrentado problemas de saúde desde o início do ano, quando foi diagnosticado com câncer na bexiga. Ele ficou em prisão domiciliar por cinco meses, para tratamento médico, mas retornou à cadeia em agosto. Na ocasião, Moro determinou a realização de uma perícia médica para definir se havia necessidade de conceder um tempo maior de prisão domiciliar a Bumlai.

Bumlai é acusado de realizar um empréstimo fraudulento de R$ 12 milhões, junto ao Banco Schahin, para repassar o dinheiro ao PT. Bumlai é amigo do ex-presidente Lula e tinha acesso livre ao Palácio do Planalto durante a gestão do petista – por isso a 21ª fase da operação foi nomeada Passe Livre.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="391911" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]