Esquema de segurança na Justiça Federal tem até atirador de elite

Andreza Rossini


Francielly Azevedo e Andreza Rossini

O esquema de segurança montado para o depoimento do ex-presidente Lula na Justiça Federal em Curitiba, conta com atirador de elite nas proximidades do prédio, que está cercado por policiais.

> Veja o vídeo da chegada do ex-presidente Lula em Curitiba

A região da Justiça Federal está bloqueada em um raio de 150 metros. Só podem acessar o local os funcionários da Justiça, moradores e profissionais da imprensa credenciados.

Além da Polícia Militar, a Polícia Civil, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Federal (PF) fazem parte da operação. O número do efetivo não foi divulgado, mas a PM garante que não é o maior evento com exigências de segurança no Paraná. Pelo menos três helicópteros da PM e um da PC vão garantir a segurança pelo ar.

“A Polícia Federal está com o cargo de ficar dentro da Justiça Federal com efetivo suficiente para que ser garantido a audiência do ex-presidente Lula”, destacou o delegado da PF Rosalvo Franco.

No perímetro de bloqueio, as ruas estão vazias e a maioria dos comércios estão fechados.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="430252" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]