Pezão presta depoimento como testemunha de defesa de Cabral na Lava Jato

Jordana Martinez


BandNewsCuritiba

O governador do Rio de janeiro, Luiz Fernando Pezão, do PMDB, vai prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro no dia 06 de abril. A audiência está marcada para as quatro horas da tarde e será transmitida por videoconferência da capital fluminense. Pezão foi indicado como testemunha de defesa do antecessor, Sérgio Cabral, que é investigado na operação Calicute, um desdobramento da Lava Jato.

Nesta sexta-feira (10),  em Curitiba, fala ao juiz Sérgio Moro a testemunha Betânia Morandi. No Rio de Janeiro, participam de audiências o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, colaborador das investigações, e a ex-funcionária da Carioca Engenharia Tânia Maria Silva Fontenelle. A partir do mês de abril, o juiz Sérgio Moro dá início às audiências com as testemunhas de defesa, que podem ser indicadas pelos cinco réus do processo.

Os envolvidos nesta ação penal respondem pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção em razão do recebimento de vantagens indevidas no valor de dois milhões e setecentos mil reais (R$ 2,7 milhões). O montante, de acordo com as investigações, foi pago pela empreiteira Andrade Gutierrez para execução das obras no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (COMPERJ).

Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="418353" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]