Preso, ex-governador Sérgio Cabral chega a Curitiba e segue para PF

Fernando Garcel


Com Narley Resende

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, preso pela Operação Calicute – um desdobramento da Operação Lava Jato, chegou ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), neste sábado (10) por volta das 16h20 e segue para a Superintendência da Polícia Federal (PF), onde estão outros 12 presos pela operação.

Cabral foi preso no dia 17 de novembro suspeito de comandar uma organização criminosa que recebeu mais de R$ 220 milhões em propinas. Ele foi transferido por ordem do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, após suspeitas de que ele estaria recebendo visitas irregulares.

As investigações apontam que o ex-governador chefiava o esquema de corrupção e pagamento de propina nas obras tocadas pela empreiteira Andrade Gutierrez. Além de Cabral, dez pessoas foram presas no dia da operação e, nesta semana, a advogada Adriana Ancelmo, mulher de Cabral, também foi detida.

> Moro temia fuga de Cabral e outros acusados para o exterior

Foto: Eduardo Simões
Foto: Eduardo Simões

Agora, Cabral vai dividir a cela com outros três presos na carceragem da Polícia Federal na capital paranaense. Em frente ao prédio, além da imprensa, alguns manifestantes com bandeiras e camisetas do juiz federal Sérgio Moro aguardam pela chegada do político.

Existem dois mandados de prisão contra Cabral. Um deles expedido pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato, e outro do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal do Rio, em investigações da Operação Calicute. A decisão de transferir Sérgio Cabral partiu da justiça do Rio de Janeiro. A Operação Calicute é um desdobramento da Operação Lava-Jato, que é conduzida por procuradores federais de Curitiba.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="402627" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]