TRF nega mais um pedido de suspeição contra Sergio Moro

Roger Pereira

A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou provimento hoje (11/10), por unanimidade, à exceção de suspeição ajuizada pelo empresário Marcelo Simões contra o juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Simões é investigado nos autos da Operação Lava Jato por supostos contratos irregulares com a Caixa Econômica Federal.

A defesa alega que Moro “teria antecipado eventual juízo condenatório ao receber a denúncia”. O advogado argumenta que na decisão de recebimento, o juiz teria emitido juízo de valor e antecipado futura responsabilidade criminal de Simões.

Segundo o relator, desembargador federal João Pedro Gebran Neto, a verificação dos pressupostos necessários à instauração de medidas cautelares em desfavor do réu não permite dizer que o julgador seja suspeito ou esteja impedido de continuar na lide por já ter proferido sua concepção quanto ao caso em tela. “A externalização de suas impressões sobre os fatos integram o dever de fundamentar, sem que tal proceder se confunda com comportamento tendencioso ou manifestação de interesse na causa”, esclareceu Gebran.

Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal
Comentários de Facebook