Pacote de Greca vira caso de polícia

Redação


O vereador Dr. Wolmir Aguiar (PSC) informou ontem que fez uma denúncia no Nuciber (Núcleo de Combate aos Cibercrimes), da Polícia Civil, por postagens tidas como ofensivas contra ele.

“Fiz uma queixacrime e estamos pedindo a apuração para identificar quem fez e representar criminalmente”, falou.

O vereador Helio Wirbiski (PPS) também reclamou de supostas ameaças que estaria recebendo.

“Quando recebo mensagens dizendo que sabem onde eu moro, que sabem da minha região, que a partir de agora vou ser contingenciado, vou ter problemas, não acho isso respeitoso”, contou.

Os manifestantes são contra a aprovação do pacote da prefeitura, enviado à Câmara na semana passada.

“Eu tenho que pensar no funcionalismo, tenho que pensar no professor. Mas tenho que pensar no conjunto da minha cidade, que é quem paga impostos, que é quem contribui para pagar o salário desses funcionários públicos”, disse Wirbiski.

O vereador também citou os memes que circulam pela internet. Segundo ele, há a insinuação de que os parlamentares seriam cúmplices de um roubo nos cofres do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC) — objeto de uma das maiores mudança propostas por Greca.

A vereadora Noemia Rocha (PMDB), que faz oposição a Greca na Câmara, disse que servidores são movidos por ‘desespero’. “Tenho observado neles um clamor, mas acho que não têm a intenção de afrontar os vereadores”.

[insertmedia id=”NPZN2L4Zf-k”]

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="423230" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]