Governo do Paraná autoriza nomeação de escrivães para a Polícia Civil

Redação

Homem é preso após atirar contra médica em unidade de saúde em Fazenda Rio Grande

O governador do Paraná, Ratinho Junior, autorizou nesta terça-feira (10), a nomeação de 186 escrivães aprovados em concurso público de 2018 para a Polícia Civil.

“Essa contratação reforça o efetivo da Polícia Civil em todo o Estado. Era um compromisso que assumimos e que agora se efetiva. O mínimo que o Estado pode fazer é criar uma estrutura para que esses profissionais tenham um ambiente saudável para exercer essa expertise, alcançada com muitos anos de conhecimento e de preparo”, apontou Ratinho Junior.

Esses escrivães serão distribuídos em delegacias da Polícia Civil de Curitiba e Região Metropolitana, além de municípios do interior do Paraná (caso seja necessário).

“A falta de escrivães era um problema histórico. Essa nomeação reafirma que a segurança pública tem sido tratadas como uma das principais prioridades do Governo do Estado. É um reforço de efetivo significativo que, em curto prazo, trará mais agilidade e eficiência ao trabalho da Polícia Civil”, explicou o delegado-geral da Polícia Civil, Sílvio Rockembach.

A Polícia Civil lançou em setembro deste ano um calendário anual de cursos de aperfeiçoamento, permitindo mais de 100 oportunidades para servidores do interior e da capital até o final de 2021.

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública, a Polícia Civil solucionou 124 dos 140 crimes investigados entre os meses de janeiro e junho deste ano.

LEIA MAIS: Deputados discutem novo modelo de pedágio no Paraná

Previous ArticleNext Article