Projeto que deve reduzir preço do gás de cozinha no Paraná avança na ALEP

Jorge de Sousa

Projeto que deve reduzir preço do gás de cozinha no Paraná avança na ALEP

A Alep (Assembleia Legislativa do Paraná) aprovou em primeiro turno nesta segunda-feira (7), proposta que permite que o consumidor possa comprar qualquer marca de gás de cozinha.

A expectativa dos deputados estaduais é que a proposta possa reduzir em até 20% o valor médio do gás de cozinha no Paraná.

Dessa forma, o titular da marca do botijão não poderá impedir a livre circulação do produto ou reutilização do recipiente, assim como vínculo artificial com o consumidor para impedir a liberdade de escolha nesses produtos.

O projeto é assinado pelos deputados Ademar Traiano (PSDB), Delegado Francischini (PSL) e Hussein Bakri (PSD), que apontaram na proposta a posse de 150 milhões de botijões nas revendedoras e consumidores, que não conseguem reabastecer esses vasilhames devido a marca estampada nesses itens.

“Com esse projeto estamos democratizando o atendimento daqueles que precisam de um bujão de gás, que hoje está concentrado na mão de poucas empresas credenciadas. Queremos oportunizar a possibilidade de que outras pequenas empresas possam fazer essa distribuição e atender aos consumidores”, explicou o deputado Ademar Traiano.

A proposta ainda precisa ser aprovada em segundo turno – sem alteração no texto base, antes de ser encaminhada para sanção do governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD).

LEIA MAIS: Nova legislação para o meio ambiente em Curitiba é aprovada na Câmara Municipal

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="768837" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]