PGR decide arquivar ação de bloqueio de bens de deputado federal Nelson Meurer

BandNews FM Curitiba


A ação de bloqueio de R$ 7,3 milhões de bens do deputado federal do PP do Paraná, Nelson Meurer, será arquivada a pedido da Procuradora-geral da República, Raquel Dodge. A medida foi viabilizada porque o Supremo Tribunal Federal (STF) conseguiu arrecadar o montante solicitado pela PGR em ativos e imóveis do deputado.

Dogde chegou a questionar a defesa de Meurer sobre a venda de uma propriedade, que poderia ter sido uma forma de driblar o bloqueio. Depois de obter os esclarecimentos necessários, a PGR decidiu pelo arquivamento da ação.

Nelson Meurer foi condenado em maio pela Segunda Turma do STF por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a PGR, teriam sido feitos pelo menos 161 repasses ao PP e ao deputado, que totalizaram quase R$ 358 milhões, entre 2006 e 2014, em esquema envolvendo o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Yousseff.

De acordo com a denúncia, Meurer praticou corrupção por dar apoio e manter o ex-diretor na Petrobras e permitir os esquemas de corrupção em benefício do PP. Meurer negas as acusações.

Previous ArticleNext Article
Avatar
em 20 minutos tudo pode mudar