Reprovação a gestão Temer dispara, mostra Datafolha

Fernando Garcel


Após uma série de escândalos envolvendo ministros e a base aliada do governo a popularidade do presidente Michel Temer (PMDB) despencou, aponta pesquisa do Datafolha divulgada na manhã deste domingo (11).

Segundo o levantamento realizado entre 7 e 8 de dezembro, antes do vazamento dos detalhes da delação da empreiteira Odebrecht, em que o presidente é citado, 51% dos brasileiros consideram o governo Temer ruim ou péssimo. No último levantamento, realizado em julho, o número era de 31%.

Já aqueles que consideram o governo Temer regular caiu de 42% para 34%.

> Delator cita repasse de Odebrecht a Temer
> Veja o depoimento em que Cerveró cita interferência de Temer na Petrobras

Na economia, a perspectiva da população é que a situação piore. Para 66% dos entrevistados, a inflação vai aumentar. Outros 19% dizem que ficará como está e 11% acreditam em melhora. Sobre o poder de compra, 59% apostam que vai diminuir; 15% opinaram que vai aumentar e 20% que não irá mudar.

> Lava Jato ameaça renunciar caso Temer sancione lei que pune juiz e promotor

Comparações com o governo Dilma

Durante a pesquisa, o Datafolha questionou os entrevistados sobre a comparação entre os governos da ex-presidente Dilma Rousseff e da atual gestão. Para 40% das pessoas ouvidas o governo Temer é pior que o de Dilma; 34% dizem que é igual; 21% dizem que é melhor e 5% disseram não saber.

Segundo o Datafolha, 65% classificam Temer como falso; 75% como defensor dos mais ricos; 50% como autoritário e 58% como desonesto. No geral, a nota média dada ao desempenho do presidente ficou em 3,6 em uma escala de zero a dez.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="402670" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]