Porta dos Fundos retira vídeo e nega inspiração em vereadora de Curitiba

Jorge de Sousa

Porta dos Fundos retira vídeo e nega inspiração em vereadora de Curitiba

O Porta dos Fundos retirou do YouTube e das redes sociais nesta segunda-feira (23), vídeo em que foi acusado de machismo ao satirizar uma vereadora de Curitiba eleita pelo Partido Novo.

A personagem do vídeo foi relacionada com a vereadora Indiara Barbosa (Novo), eleita nas últimas eleições municipais com 12.147 votos, sendo a primeira mulher a ser líder em votos para a Câmara Municipal de Curitiba.

Diversos usuários nas redes sociais, entre eles o empresário Felipe Neto, apontaram que a esquete humorística foi preconceituosa ao usar citar que a personagem “vazou nudes” e “participou de orgias” para vencer a eleição.

Em nota, o Porta dos Fundos se defendeu e disse que a personagem Yolanda foi criada há nove anos, é “totalmente fictícia” e que não é inspirada em uma pessoa real.

O canal ainda salientou que o Brasil precisa de mais mulheres na política.

A vereadora Indiara Barbosa explicou ao Paraná Portal que “ainda não tomamos nenhuma medida judicial. Vamos avaliar melhor a situação antes de tomar qualquer decisão”.

Indiara já havia utilizado as redes sociais para criticar o vídeo do Porta dos Fundos, apontando que “é uma pena que o
@portadosfundos associe o sucesso de uma mulher a alguma conotação sexual. Temos muito trabalho para mudar essa cultura retrógrada”.

Após a postagem da nota, o Porta dos Fundos respondeu a postagem da vereadora e afirmou que a personagem “explora sua sexualidade livremente, dentro de seu universo” e congratulou Indiara pela vitória.

LEIA MAIS: Bolsonaro indica filiação a novo partido em março se Aliança não for criada

Previous ArticleNext Article