Portal econômico fala em retrocesso regulatório na Sanepar

Redação

Retrocesso regulatório na Sanepar

Em reportagem assinada pelo jornalista Pedro Arbex,  o portal de notícias de economia Brazil Journal traz nesta terça-feira (23) uma crítica a intervenções do governo do Paraná na política de tarifas da Sanepar, a companhia de saneamento do estado. Sob o título “Na Sanepar, mais um retrocesso regulatório”, o portal de notícias econômicas lembra que “a ingerência política em empresas públicas não está restrita à União”.

Segundo o texto, “um imbroglio envolvendo a Sanepar. a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Paraná (Agepar) e o governo do estado está trazendo de volta o fantasma da insegurança jurídica nos contratos”.

A nova revisão tarifária, prevista para abril, é citada como “o maior problema envolvendo a Sanepar”. Mais que a redução no reajuste da tarifa do final de 2020, explicada em parte pelos impactos da pandemia de covid-19.

“Retrocesso regulatório perigoso”

O resultado, diz a reportagem, “é um retrocesso regulatório perigoso para o setor de saneamento, que vai afastar investimentos e prejudicar na ponta quem o Estado supostamente tenta defender: o consumidor.”

O texto conta como a situação chegou a esse ponto e relembra outros momentos da história da empresa em que houve interferências políticas fortes na Sanepar. “O ímpeto interventor dos governos do Paraná não é exatamente novidade – dando razão aos que afirmam que investir em estatais é procurar problema”, diz o texto ao relembrar o período do governo Roberto Requião, entre 2003 e 2009. Leia a reportagem completa no Brazil Journal.

Leia também: Queda na demanda e alta de custos frearam investimentos da indústria em 2020, diz pesquisa

 

 

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="746914" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]