Prefeito reeleito de Boa Vista da Aparecida tem bens bloqueados pela Justiça

Jorge de Sousa

Prefeito reeleito de Boa Vista da Aparecida tem bens bloqueados pela Justiça

A Vara da Fazenda Pública de Capitão Leônidas Marques determinou o bloqueio de bens de Leonir dos Santos (PL), prefeito reeleito em Boa Vista da Aparecida, região Oeste do Paraná.

A decisão foi proferida nesta quinta-feira (3) e segue ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Paraná.

Ao todo foram bloqueados R$ 248 mil dos bens de Leonir dos Santos, após as investigações apontaram que o prefeito teria se envolvido em uma fraude de licitação em 2017.

Além de Leonir dos Santos, o chefe de gabinete da Prefeitura de Boa Vista da Aparecida e a empresa envolvida na fraude também tiveram bens bloqueados.

A licitação apontada como fraudulenta se destinava para a compra de um automóvel para a Prefeitura. Mas o edital apontava exigências como banco aquecidos e de couro, retrovisores com controle interno, teto solar, ar condicionado automático, volante com comando de rádio, computador de bordo com shift paddles, acesso ao veículo sem a chave e motor acionado por botão, entre outros itens considerados de luxo.

“Não se vislumbrou o interesse público, mas sim o interesse privado. Buscou-se adquirir um modelo específico de automóvel, altamente potente e recheado de itens de luxo, com dinheiro público, excluindo indevidamente todos os demais fabricantes e modelos”, apontou a Promotoria Promotoria de Justiça.

O veículo foi adquirido por R$ 124 mil e tem sido utilizado pelo gabinete do prefeito. Leonir dos Santos foi reeleito neste ano em Boa Vista da Aparecida com 3.379 votos, equivalentes a 58,85% dos votos válidos no município.

LEIA MAIS: MPF firma leniência com empresa que pagou propina dentro da Petrobras

Previous ArticleNext Article