Política
Compartilhar

Primeira-dama de Nova Aurora morre atropelada por caminhão

A Prefeitura de Nova Aurora declarou luto enquanto o Consamu e o governo do Paraná divulgaram nota prestando condolências.

Redação - 03 de julho de 2022, 19:50

(Divulgação/Prefeitura de Nova Aurora)
(Divulgação/Prefeitura de Nova Aurora)

Sônia Maria Brustolin, primeira-dama de Nova Aurora, cidade da região oeste do Paraná, morreu neste domingo (3) aos 59 anos. Ela foi atropelada por um caminhão após ter ido fazer um passeio de bicicleta.

Professora, ela era casada e deixou dois filhos com o prefeito do município, José Aparecido de Paula e Souza. O casal ainda teve três netos.

A Prefeitura de Nova Aurora divulgou nas redes sociais que decretou luto de três dias pelo falecimento da primeira-dama. Apesar disso, a administração municipal confirmou a realização dos exames laboratoriais pela Secretaria da Saúde e o transporte para Cascavel.

O Consamu (Consórcio de Saúde dos Municípios do Oeste do Paraná) também publicou nota de pesar pela morte de Sônia Brustolin e manifestou condolências.

GOVERNO DO PARANÁ LAMENTA MORTE DA PRIMEIRA-DAMA DE NOVA AURORA

O governo estadual também lamentou a morte da primeira-dama de Nova Aurora.

“Um momento de muita tristeza para todos nós paranaenses. Perdemos uma grande mulher, que sempre se mostrou disposta a ajudar no desenvolvimento de Nova Aurora. Envio meus pêsames ao prefeito José Aparecido e aos familiares da professora Sônia”, disse, em nota, o governador Ratinho Junior.