Política
Compartilhar

Primeira Frente da Câmara será em “Defesa da Vida e da Família”

Thiago Machado, Metro Jornal Curitiba Foi protocolado nesta semana o primeiro pedido de criação de uma frente parlamenta..

Narley Resende - 19 de janeiro de 2017, 09:23

Thiago Machado, Metro Jornal Curitiba

Foi protocolado nesta semana o primeiro pedido de criação de uma frente parlamentar da nova Legislatura na Câmara de Vereadores. A partir de fevereiro, quando reiniciam as sessões, vai começar a funcionar a “Frente Parlamentar em Defesa da Vida e da Família”, com oito vereadores.

O vereador Dr. Wolnir foi o escolhido para presidir o grupo. “A iniciativa foi minha, mas tem um grupo de parlamentares que comungam destes interesses”, conta. A ideia, diz ele, surgiu a partir de um antigo protocolo que criava uma frente contra as drogas, mas que acabou ganhando mais nomes.

“Ainda estamos amadurecendo a forma de atuação, mas já estamos juntos no ‘Todos contra a Pedofilia’, que existe em diversas cidades, e também em relação às questões de aborto”, citou.

Além do posicionamento contrário ao aborto, o grupo também já debateu a questão da “ideologia de gênero” nas escolas, que causou polêmica no ano passado ao ser retirado do Plano Municipal de Educação.

Dos oito vereadores da frente cinco são novatos na Casa. Além de Dr. Wolmir, são eles Ezequias Barros, Marcos Vieira, Osias Moraes e Oscalino do Povo. Segundo o presidente a atuação do grupo não será partidária. Assim os vereadores não terão compromissos de votar em conjunto em projetos não relacionados à frente.