Proibição de venda de cerveja perto de estádios do PR é protocolado na Assembleia

Julie Gelenski


Com BandNews FM Curitiba

Um projeto de lei quer proibir a venda e o consumo de bebidas alcoólicas nas proximidades de estádios de futebol, ginásios ou qualquer tipo de estabelecimento destinado a competições esportivas no Paraná.

A proposta é do deputado Missionário Ricardo Arruda (DEM). A justificativa dele é que a medida protege o cidadão de bem, que gosta de assistir a um jogo de futebol, por exemplo, mas hoje não se sente seguro para isso. Arruda defende que são muitos os torcedores ou vândalos que permanecem bebendo na região dos estádios e que causam “todo o tipo de problema”.

O projeto protocolado proíbe a venda de bebidas alcoólicas em um raio de duzentos metros desses espaços de lazer no período de duas horas antes do início de qualquer evento esportivo.

Os estabelecimentos que descumprirem a determinação ficariam sujeitos ao pagamento de multa. Em caso de reincidência, o alvará seria cassado.

No caso dos vendedores ambulantes, o que é comum em dias de eventos esportivos, a mercadoria será apreendida.

O projeto ainda determina que os valores arrecadados com as multas serão revertidos para o Fundo Estadual de Políticas sobre Drogas – FESD.

O deputado Ricardo Arruda argumenta que, após medidas adotadas pelos clubes paranaenses, entre o ano de 2008 (último ano com venda autorizada) e 2009 (primeiro ano com a proibição), os índices de fatos ilícitos ocorridos dentro dos estádios de futebol foram reduzidos em mais de 60%.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="413571" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]