Política
Compartilhar

“Quem é que tem um projeto de nação para 2018?”, questiona Toffoli em visita a Curitiba

Tabata Viapiana/ CBNCuritibaO ministro Dias Toffoli veio a Curitiba nesta segunda-feira (06) para uma série de compromis..

Jordana Martinez - 06 de fevereiro de 2017, 14:29

Tabata Viapiana/ CBNCuritiba

O ministro Dias Toffoli veio a Curitiba nesta segunda-feira (06) para uma série de compromissos. Pela manhã, ele realizou uma palestra sobre ‘eleições e democracia’ na sede da OAB-PR. O ministro falou por cerca de 40 minutos e disse que o Brasil não tem um projeto de nação e que os principais partidos não têm um pensamento nacional, com atuações muito mais regionais. Toffoli também fez questionamentos relacionados às eleições de 2018.

"É uma responsabilidade de todos nós de criarmos um projeto nacional. Vamos pensar em 2018, quem é que tem um projeto de nação para 2018? Não se vislumbra um projeto de nação", questionou.

O ministro também questionou a qualidade e a função dos partidos políticos atualmente. Segundo ele, o ideal seria que o Brasil tivesse entre sete e dez legendas e todas teriam representatividade no Congresso Nacional.

"Qual é a função dos partidos políticos no mundo, hoje, nas grandes sociedades? No mundo hoje em que as pessoas tem voz, em que as pessoas falam e se expressam diretamente. Essa é uma reflexão que o mundo todo está a fazer", observou.

Toffoli também citou pontos positivos e negativos do sistema eleitoral brasileiro. Ele defendeu, por exemplo, o fim das coligações proporcionais, pois afirmou que, hoje, as coligações são um jogo de interesse em que muitos partidos tratam o tempo de propaganda em rádio e TV como uma espécie de mercadoria.

O ministro afirmou ainda que é preciso discutir uma cláusula de desempenho, em que somente os partidos com determinada representação em nível nacional poderiam ter acesso aos recursos do fundo partidário.

A partir das 17h, Dias Toffoli participa da posse do novo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.