Política
Compartilhar

Ratinho Jr diz que especulação sobre saída do governo é “fofoca política”

Fábio Buchmann, CBN CuritibaO Secretário de Estado do Desenvolvimento, Ratinho Jr, do PSD, negou qualquer tipo de proble..

Narley Resende - 17 de janeiro de 2017, 09:54

Fábio Buchmann, CBN Curitiba

O Secretário de Estado do Desenvolvimento, Ratinho Jr, do PSD, negou qualquer tipo de problemas no relacionamento dele com o governador Beto Richa (PSDB). Nos bastidores do Palácio Iguaçu, fala-se na possibilidade dele abandonar a equipe de Beto Richa para uma eventual disputa pelo governo em 2018.

Durante a visita à Curitiba do deputado federal pelo DEM Fluminense, Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal, Ratinho Junior comentou o assunto. De acordo com ele, todas hipóteses levantadas até agora não passam de fofoca política.

"A gente interpreta isso mais como uma fofoca de bastidor política. Neste momento já se discutindo eleição em 2018. É muito cedo, mas é natural que muitos grupos políticos comecem a se posicionar e até fomentar um certo volume de fofoca. O relacionamento com o governador é muito bom, nossa bancada faz parte da base. Então, isso é muito mais murmúrio político de bastidor, de fofoca, do que de fato qualquer tipo de problema de relacionamento", garante.

No entanto, Ratinho Jr disse que poderia entrar na disputa pelo governo do estado, desde que tenha o aval do governador.

"Olha, não posso dizer em que momento. Cabe muito muito ao governador tomar qualquer tipo de decisão. O que eu posso dizer é que estou muito animado com a secretaria , trabalhando bastante. Se em algum momento tanto eu quanto o governador entender que há espaço para um novo desafio, a gente vai reavaliar e conversar pessoalmente", afirma.

Beto Richa foi enfático ao comentar o assunto. Disse que não tem problemas em trocar comandos de secretarias de estado se o desempenho não for satisfatório. Mas, segundo ele, não há mudanças previstas no secretariado, pelo menos por enquanto.

"Não tem nenhuma previsão de mudança neste momento. Sempre que há necessidade não tenho dificuldade em fazer as mudanças", disse.

O que teria azedado a relação do secretário com o governador foi um decreto, que tira a autonomia da secretaria de Ratinho Jr para firmar qualquer tipo de acordo ou convênio com as prefeituras de todos os municípios paranaenses.

O documento passa a responsabilidade para o próprio Beto Richa, e foi assinado poucos dias depois das eleições municipais. Lembrando que em Curitiba, Beto Richa apoiou o prefeito eleito Rafael Greca. Ratinho Jr. Fez campanha para o opositor, candidato Ney Leprevost, do PSD.