Política
Compartilhar

Ratinho Junior afirma que teve celular clonado cuidado com golpes

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), afirmou na noite desta segunda-feira (2) que teve o número de celular clon..

Jorge de Sousa - 02 de agosto de 2021, 20:35

(Guilherme Flores/Casa Civil)
(Guilherme Flores/Casa Civil)

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), afirmou na noite desta segunda-feira (2) que teve o número de celular clonado.

"Pessoal, meu celular foi clonado! Cuidado com os golpes que estão sendo aplicados. Qualquer pessoa que esteja tentando entrar em contato, cuidado, não sou eu", postou Ratinho em suas redes sociais.

Ratinho não é o primeiro governador do Paraná a ter o celular clonado. Em 2018, a então chefe do executivo Cida Borghetti (Progressistas) também sofreu com o problema e ao menos quatro pessoas do círculo próximo da política depositaram R$ 4 mil para os golpistas, pensando ser um pedido de Borghetti.

No mesmo ano, o deputado estadual e 1º Secretário da Assembleia Legislativo do Paraná, Luiz Claudio Romanelli (PSB), também teve o celular clonado.

Uma forma dos usuários do aplicativo whatsapp prevenirem os celulares de clonagem é bloquear o acesso da conta para outros aparelhos. Para realizar esse processo é necessário ir no menu "configurações", acessar a opção "conta" e na sequência "verificações duas etapas".

Para encerrar o processo é necessário cadastrar um e-mail e uma senha de segurança, garantindo assim o bloqueio do acesso na conta por outros aplicativos.

LEIA MAIS: Greca critica governo Bolsonaro e diz que gestão Temer enviou mais verbas a Curitiba