Política
Compartilhar

Ratinho Junior fortalece sua posição com partidos amigos

Ratinho Junior tem feito a lição de casa para se reeleger governador. O acordo com Ricardo Barros, do PP é uma delas.

Pedro Ribeiro - 15 de fevereiro de 2022, 09:08

Foto/Divulgação
Foto/Divulgação

 

O silêncio do governador Ratinho Junior (PSD) em relação à sua demora para tomar uma decisão de apoio a esse ou aquele candidato, seja à Presidência da República ou ao Senado, certamente faz parte de uma estratégia política que busca, primeiro, o fortalecimento de sua campanha à reeleição ao Governo do Estado. Esta lição de casa nos parece que ele vem fazendo com perfeição.

Ratinho Junior acaba de fechar um importante acordo com o líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara Federal, deputado Ricardo Barros (PP). Ao selar união entre o PSD e o PP comandado hoje no Estado pela deputada estadual, Maria Victória, filha de Barros, Ratinho amplia sua base de apoio já que fechou, também, acordo com o PSB de Romaneli, Curi, Amaral e Artagão Junior.

Ratinho Junior soma ainda importante coligação com o MDB de Anibelli Netto e Orlando Pessuti. O governador vai, assim, diminuindo as chances de seus adversários, entre eles, Cesar Silvestre Filho, do PSDB, que já houve ruptura com a saída de Ademar Traiano e Paulo Litro, entre outros, e Roberto Requião (sem partido, mas próximo a Lula).