Política
Compartilhar

Ratinho Jr. anuncia R$ 14,7 mi para pavimentação em Ponta Grossa

Em mais um repasse, o governador do Paraná anunciou mais obras de pavimentação - dessa vez em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais.

Redação - 30 de maio de 2022, 17:59

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)
(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O governador Ratinho Junior anunciou nesta segunda-feira (30) o repasse de R$ 14,7 milhões em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, para obras de pavimentação nas vias urbanas do município.

Serão requalificados 14 quilômetros nas localidades Parque dos Sabiás, Vila Moisés Lerner, Santo Antônio, Ronda, Jardim Carvalho, Neves, Uvaranas e Distrito Industrial. A contrapartida da prefeitura é de R$ 3.956.729,14.

“É o maior pacote de investimentos da história de Ponta Grossa, um compromisso que eu tinha com a cidade. Agora, somando os recursos municipais, estaduais e federais, ultrapassa o montante de R$ 100 milhões em asfalto”, afirmou Ratinho Jr, que ainda confirmou a construção da nova sede da Polícia Científica.

“A implantação do asfalto mexe com a autoestima das pessoas. É o fim do barro, da poeira, a valorização da propriedade. Essa região de Ponta Grossa necessitava desta parceria entre Estado e município para fazer com que essas pavimentações acontecessem”, disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, Augustinho Zucchi. “Mas não é só em Ponta Grossa. Há obras assim espalhadas pelos 399 municípios do Paraná”.

Vale lembrar que neste mês, o governo do Paraná também anunciou o maior investimento da história da pavimentação em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. 

VERBA TAMBÉM É FEDERAL

O montante será complementado com recursos da União, compondo, assim, o maior programa de revitalização de vias urbanas da história de Ponta Grossa.

A prefeitura confirmou, também nesta segunda, a contratação de R$ 72.428.551,68 através de operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal, por meio do programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), para pavimentação.

O Paranacidade, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, é quem faz a análise técnica do projeto, que inclui capacidade de endividamento do município, análise do projeto executivo de engenharia e da documentação apresentada, exigências legais para aprovação e liberação do recursos.

Após essa etapa é emitido o edital de licitação e edital de homologação, que autoriza a prefeitura contratar a empresa que vai executar o projeto. Com a obra em andamento, o Paranacidade acompanha a execução e faz relatórios sobre os percentuais já cumpridos. De acordo com o percentual executado, a Sedu libera a parte correspondente do investimento para a prefeitura.