Rede confirma candidatura de Jorge Bernardi ao governo do PR

Fernando Garcel e William Bittar - CBN Curitiba


A convenção do Rede Sustentabilidade confirmou o nome de Jorge Bernardi como candidato do partido às eleições de outubro. Bernardi é formado em Jornalismo e Direito, especialista pela Universite de Techonologie de Compiegne da França. Tem Mestrado e Doutorado na PUCPR, ambos em Gestão Urbana. Cumpriu sete mandatos de vereador pelo MDB e PDT. A primeira vez que foi eleito para o cargo em Curitiba foi em 1982, com 26 anos.

Bernardi diz estar inspirado no Paranismo, movimento da década de 1920, para traçar seu plano de governo para o Paraná. Segundo ele, o planejamento da campanha possui 18 eixos estratégicos para desenvolvimento sustentável do Paraná.

“Temos um grupo de especialistas que redigiu esse documento e que está em consulta em todo o Estado. Nós queremos, como primeiro ato, uma auditória completa nas contas e depois projetar o Paraná com plano estratégico para 10, 20 e 50 anos. Infelizmente nas últimas quatro décadas, o Paraná não teve planejamento estratégico”, afirma o candidato.

Entre os eixos do programa de governo, Bernardi estabeleceu que a base é a qualidade da Educação no Ensino Médio e a Segurança Pública. “Nós vamos alicerçar as nossas ações em eixos programáticos. O primeiro é educação com base fundamental no Ensino Médio. O segundo é a Segurança, voltada para recompor as forças policiais que estão sucateadas e com participação da sociedade”, diz.

Para o desenvolvimento sustentável do Estado, uma das bandeiras do partido, Bernardi fala sobre a ênfase nas cooperativas, pequenas e microempresas e na criação de um braço empreendedor do Estado para que os recursos fiquem dentro do Paraná.

“Queremos nos concilidar como quarta economia do Brasil, mas queremos dar as bases para que em uma década nos transformemos na terceira economia. Precisamos capacitar a nossa juventude para ocupar esses espaços, fazer com que o agronegócio utilize cada vez mais de elementos que efetivamente possam agregar tecnologia e assim produzir muito mais”, conta o candidato.

A inspiração do seu plano de governo vem do Movimento Paranista, da década de 1920. “Eles queriam dar uma identidade ao Paraná, eles queriam fazer com que o Paraná se desenvolvesse e progredisse. […] Nos inspirando queremos projetar um futuro de glória para o Estado. Nós temos condições desde que esses grupos que exploram o Paraná efetivamente sejam colocados de lado e que o paranaense assuma o seu destino”, finaliza.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="540308" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]