Reforço policial e manifestantes contra Lula movimentam sede da PF em Curitiba

Jordana Martinez


Com carros de som, faixas e bandeiras, manifestantes de vários movimentos sociais contrários a Lula aguardam a chegada do ex-presidente à sede da Polícia Federal em Curitiba.

Um dos manifestantes, Vladimir Saraiva, afirmou não fazer parte de nenhum movimento social, mas de representar a vontade do povo brasileiro: “estou aqui representando a minha vontade, como povo, de resgatar o meu país. É claro que nós estamos aqui para prender o Lula, mas ele não é o único culpado. O Lula é só um símbolo, eu espero que hoje ele seja colocado na cadeira e depois venham os demais”, disse.

Os manifestantes cantam o hino nacional, gritam palavras de ordem como “Lula ladrão, seu lugar é na prisão” e chegaram a estourar espumante em comemoração ao mandado de prisão. Acompanhe:

O policiamento foi reforçado por policiais militares de grupos de elite, como o Choque e o Cope (Centro de Operações Policiais Especiais). Um atirador de elite permanece de prontidão no terraço do prédio.

Assim que seja preso, Lula será levado para uma sala especial no último andar do prédio, separado dos demais presos.

Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="515669" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]