Política
Compartilhar

Relator vota pelo arquivamento de processo contra deputado Nelson Meurer

O deputado Mauro Lopes (MDB-MG) apresentou nesta terça-feira (4) o parecer pelo arquivamento do processo por quebra de d..

Francielly Azevedo - 04 de setembro de 2018, 20:24

Foto: Erasmo Salomão / Ascom / MS
Foto: Erasmo Salomão / Ascom / MS

O deputado Mauro Lopes (MDB-MG) apresentou nesta terça-feira (4) o parecer pelo arquivamento do processo por quebra de decoro contra o deputado Nelson Meurer (PP-PR). O voto foi proferido no Conselho de Ética da Câmara. No entanto, um pedido de vista adiou a votação do caso no colegiado.

Na justificativa do voto, Lopes disse que "o caso ocorreu no mandato passado, antes de 2014, e mesmo assim o povo entendeu que ele deveria ser reeleito e foi reeleito pelo povo do Paraná”.

Além disso, o relator lembrou que o processo ainda está no Supremo Tribunal Federal (STF). “Tão logo estando transitado em julgado, será comunicado à Mesa da Câmara dos Deputados e ele terá o mandato cassado pelo Plenário", avalia.

Em função do recesso branco, o Conselho só deve votar o arquivamento na segunda semana de outubro, após as eleições.

CONDENAÇÃO

No último dia 29 de maio, Meurer foi condenado por corrupção passiva (por 30 vezes) e lavagem de dinheiro (por 7 vezes) no âmbito da Operação Lava Jato, por atos cometidos entre 2006 e 2014. O deputado deverá cumprir pena de 13 anos, 9 meses e dez dias em regime fechado. Ele ainda não foi preso, pois aguarda a decisão sobre os últimos recursos que apresentou ao STF.

Meurer foi o primeiro detentor de mandato condenado pelo STF na Operação Lava Jato. Todas as irregularidades são negadas pelo parlamentar, que já soma 24 anos de Câmara Federal.