Renan afirma que quebra de sigilo da Joven Pan foi equívoco e retira requerimento

Raquel Lopes - Folhapress e Renato Machado - Folhapress


O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou que o requerimento de quebra de sigilo da Rádio Jovem Pan, que estaria propagando fake news, foi um “equívoco” e por isso decidiu retirá-lo. Renan foi o autor do requerimento.

“Foi um equívoco que aconteceu na nossa ausência em Brasília durante o recesso compulsório e nós já retiramos o requerimento”, afirmou o senador, que lamentou o episódio e chegou a pedir desculpas, em entrevista antes do início da sessão da CPI.

O presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que não cabe à CPI quebrar sigilo de órgãos de imprensa e que isso seria contra a democracia. “Não podemos cercear o pensamento das pessoas. Podemos discordar, mas não calar suas vozes”, disse Omar.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="780495" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]