Renan Calheiros diz que Queiroga é ‘Ministro da Omissão e do Silêncio’

Redação

renan calheiros, cpi, cpi da covid, cpi da pandemia, covaxin, corrupção, covid, covid-19, coronavírus

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) voltou a criticar a condução do governo federal na crise sanitária e econômica causada pela pandemia do coronavírus.

Ao comentar a realização da Copa América no Brasil, o relator da CPI da Pandemia criticou o silêncio do atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, sobre a vinda do torneio internacional.

Pelo Twitter, o parlamentar criticou a falta de posicionamento do sucessor de Eduardo Pazuello. “Queiroga não é Ministro da Saúde, é o Ministro da Omissão e do Silêncio. Não emite juízo sobre nada”, afirmou.

Renan Calheiros avalia que o médico deveria se posicionar sobre a decisão do País sediar o torneio organizado pela Conmebol.

“Nem mesmo agora, com esse suicídio de trazer torneio internacional. Ele é médico, devia dizer não à insensatez. E o que faz? Cala-se! É omisso, infelizmente”.

COPA AMÉRICA NO BRASIL

Na segunda-feira (1º), o presidente Jair Bolsonaro confirmou realização de Copa América no Brasil.

Conforme anunciado pelo ministro-chefe da Casa Civil, general Luiz Eduardo Ramos, os jogos serão realizados nos estados do Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás, além do Distrito Federal.

A competição está prevista para começar no dia 13 de junho. A final deve acontecer em 10 de julho.

Infectologistas alertam para o risco de sediar um evento internacional deste porte no momento em que a pandemia está descontrolada no País. Até o momento, o Brasil completou o esquema vacinal de aproximadamente 10% da população.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="768122" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]