Renato Feder é escolhido por Bolsonaro para ser novo ministro da Educação

Redação


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) escolheu Renato Feder, Secretário de Educação e Esporte do Paraná, para assumir o Ministério da Educação, segundo o UOL com informações da Rádio Bandeirantes.

O nome do secretário estava no radar antes da escolha do presidente pelo Carlos Decotelli e era visto como favorito. O pronunciamento oficial da Presidência deve acontecer ainda nesta sexta-feira (3).

RENATO FEDER É ESCOLHIDO PARA ASSUMIR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

No dia 23 de junho, após conversa com o presidente, Renato Feder conversou com o Paraná Portal. Na época, ele classificou a conversa com Bolsonaro como positiva e disse que conversaram muito sobre o futuro da educação.

“Foi super positivo. Eu fiquei muito impressionado com o presidente, muito estadista realmente e muito preocupado com a educação e o que a gente precisa fazer para chegar a ser um país desenvolvido na área educacional. Esse foi o principal assunto”, disse Feder ao Paraná Portal.

Entre os temas abordados, interlocutores relatam que Feder e Bolsonaro conversaram sobre o uso da tecnologia no retorno das aulas e também o plano em relação às escolas cívico-militares, uma das bandeiras do governo federal.

QUEM É RENATO FEDER?

Danilo Verpa/Folhapress

Renato Feder já trabalhou como assessor voluntário da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e, antes de assumir a Secretaria no Paraná, era empresário do setor de tecnologia. Também foi professor da Educação de Jovens e Adultos de matemática por dez anos e diretor de escola por oito anos.

Ele é formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e tem mestrado em Economia pela Universidade de São Paulo (USP). Por fim, ele também foi presidente da fabricante de eletrônicos Multilaser, em São Paulo.

Previous ArticleNext Article