Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre de Souza como diretor-geral da PF

Redação


Rolando Alexandre de Souza foi nomeado como novo diretor-geral da PF (Polícia Federal) nesta segunda-feira (4). A indicação de Bolsonaro foi publicada em DOU (Diário Oficial da União) durante a manhã de hoje.

O decreto foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Luiz de Almeida Mendonça.

Nomeação de Rolando Alexandre foi publicada em edição extra do DOU nesta segunda-feira (4)

QUEM É ROLANDO ALEXANDRE DE SOUZA?

Rolando Alexandre de Souza é considerado braço direito de Alexandre Ramagem e era secretário de Planejamento e Gestão da Abin (Agência Brasileira de Investigação).

Souza é delegado da PF e foi superintendente em Alagoas durante um ano, de 2018 e 2019. Em setembro do ano passado, a convite de Alexandre Ramagem, Rolando assumiu o cargo de secretário de Planejamento e Gestão da Abin.

Na semana passada, o nome de Rolando era apontado como uma das alternativas de Bolsonaro para o cargo.

BOLSONARO DESISTE DE NOMEAR ALEXANDRE RAMAGEM

Após decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), o presidente Jair Bolsonaro revogou na última quarta-feira (29) a nomeação de Alexandre Ramagem para o comando da Polícia Federal.

A desistência de nomear Ramagem para a diretoria-geral da PF foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

O mesmo documento torna sem efeito também a exoneração dele do cargo de presidente da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), que ocupava antes de ser escolhido para o novo posto.

Previous ArticleNext Article