Ex-diretor da PF é nomeado para cargo na embaixada do Brasil em Washington

Folhapress

rolando alexandre de souza, jair bolsonaro, pf, polícia federail, embaixada, washington, embaixada do brasil nos eua

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o ex-diretor da Polícia Federal Rolando Alexandre de Souza para o cargo de adido da Polícia Federal na embaixada do Brasil em Washington.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (13). Ele ficará no posto por três anos.
Rolando assumiu o cargo na PF em maio do ano passado.

A escolha de Souza ocorreu após o ministro Alexandre de Moraes, STF (Supremo Tribunal Federal), ter barrado o nome de Alexandre Ramagem, amigo da família do presidente, para o comando da polícia.

Rolando virou diretor-geral em um momento turbulento, após o ex-ministro Sergio Moro pedir demissão acusando o presidente de querer interferir nos trabalhos da corporação.

O delegado deixou o comando da corporação em 6 de abril, menos de um ano após sua indicação, e foi substituído por Paulo Maiurino.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="763744" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]