Romero Jucá retorna à segunda vice-presidência do Senado

Mariana Ohde


Por 42 votos a favor e 7 contrários, o Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (28) o retorno do senador Romero Jucá (PMDB-RR) ao cargo de segundo vice-presidente da Casa, do qual tinha renunciado para assumir o Ministério do Planejamento. O presidente do Senado, Renan Calheiros, inicialmente propôs votação simbólica, mas os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) argumentaram que a Constituição exige votação secreta para membros da Mesa do Senado.

Romero Jucá deixou o cargo de ministro após a divulgação de conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, em que ele e outras figuras políticas importantes falavam sobre a possibilidade de interferir na Operação Lava Jato e no processo de impeachment.

Com o início do governo interino de Michel Temer, também deixou a Mesa do Senado o quarto suplente de secretário, que era Douglas Cintra. Ele devolveu o cargo de senador ao titular Armando Monteiro (PTB-PE), que reassumiu o mandato após deixar a cadeira de ministro do Desenvolvimento.

A Mesa é responsável por administrar o funcionamento da Casa, conduzir os trabalhos e organizar a agenda do Plenário. Ela é composta por presidente, 1º e 2º vice-presidentes e quatro secretários, com quatro suplentes para substituir os titulares em caso de impedimento.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal