Rosângela Moro, esposa de Sergio Moro, é dispensada de cargo no governo federal

Ana Cláudia Freire

rosangela moro é dispensada do governo

A esposa do ex-ministro Sergio Moro, Rosângela Moro, foi dispenda do cargo que ocupava no governo federal, na manhã desta quarta-feira (13).

Rosângela ocupava um cargo no programa Pátria Voluntária, com a função de membro titular, representante da sociedade civil, do Conselho do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado.

A decisão foi publicada em DOU (Diário Oficial da União ) e assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto.

O documento afirma que Rosângela Moro foi dispensa “a pedido”, mas não informa a autoria do pedido.

O programa Pátria Voluntária é comandando por Michelle Bolsonaro, esposa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e tem por objetivo a  promoção, a valorização e o reconhecimento do voluntariado no país.

MORO DEIXOU O GOVERNO E ACUSOU O PRESIDENTE DE INTERFERÊNCIA NA PF

As acusações de interferência política contra Bolsonaro foram feitas por Moro durante sua demissão do Ministério da Justiça e da Segurança Pública no dia 24 de abril.

Em seguida, um inquérito foi aberto para apurar se de fato houve interferência por parte do presidente na PF. Durante seu depoimento, Moro afirmou que Bolsonaro pressionou a troca do comando do Rio de Janeiro durante a reunião ministerial.

O STF determinou que o governo entregasse a gravação, que foi divulgada para as partes envolvidas nesta terça-feira (12).

O ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiu ontem conceder o prazo de 48 horas para receber manifestações sobre a retirada do sigilo do vídeo da reunião no Palácio do Planalto, realizada no dia 22 de abril.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista - Chefe de Redação do Paraná Portal