Sabatina de Raquel Dodge é marcada para a próxima quarta

Fernando Garcel


A sabatina com Raquel Dodge, indicada pela Presidência da República para o cargo de Procuradora-Geral da República, indicada pelo presidente Michel Temer (PMDB), foi marcada para a próxima quarta-feira (12). A votação da indicada será no mesmo dia.

> Temer indica Raquel Dodge para substituir Janot na chefia da PGR

Nesta quarta-feira (5), o relatório do senador Roberto Rocha (PSB-MA) foi lido na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Ele destaca a “louvável trajetória” de Raquel.

Em caso de aprovação pela CCJ, Raquel Dodge deve assumir o cargo de Procuradora-Geral da República a partir do dia 18 de setembro, quando o atual procurador, Rodrigo Janot, termina seu mandato. O mandato é de dois anos.

Indicação

Ela foi indicada para o cargo de procuradora-geral da República pelo presidente Michel Temer na última semana.

A indicação foi feita a partir de uma lista tríplice entre os procuradores mais votados pelos colegas nas eleições realizadas em junho para o cargo. Raquel Dodge foi a segunda mais votada. O presidente não tem a obrigatoriedade de indicar o primeiro colocado na eleição.

> Procuradores da Lava Jato apoiam indicação de Raquel Dodge

Experiência

Raquel Dodge atua como membro do Ministério Público Federal (MPF) há 30 anos. Ela trabalha na defesa dos direitos humanos quanto na área criminal. Em sua argumentação feita após a indicação, ela lembrou sua eleição para coordenadoria da área criminal do MPF (2010-2014), e para outros três mandatos no Conselho Superior. O fato de oficiar desde 2008 em matéria criminal no Superior Tribunal de Justiça (STJ) também é citado em sua trajetória, o que somados aos seus quatro anos coordenando a área no MPF, lhe concede uma “ampla experiência no combate à criminalidade”.

 

Previous ArticleNext Article