Salário mínimo regional é aprovado pelos deputados estaduais do Paraná

Redação

salário mínimo, orçamento, gastos, governo federal, ministério da economia, ldo

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou em dois turnos nesta quinta-feira (10), reajuste no salário mínimo regional no estado. O projeto segue agora para sanção do governador Ratinho Junior.

“Iniciamos a política do piso regional em 2006 e de lá para cá conseguimos ter grandes avanços. Mantivemos o piso sempre 30% superior ao valor do salário mínimo nacional e, mais uma vez, vamos ter um reajuste pela soma do reajuste do piso nacional acrescido de 0,5% que é 50% do PIB 2019”, explicou o primeiro secretário da Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).

O reajuste nos pisos salariais do Paraná usará como base o Salário Mínimo Nacional para 2021, com a inclusão de 0,55%, equivalente a 50% do resultado do PIB (Produto Interno Bruto) de 2019.

A proposta aprovada ainda prevê mecanismos para a política de valorização da remuneração para 2022. Esse item foi fruto de uma negociação tripartite entre Centrais Sindicais e Federações Patronais com o Governo do Paraná e acompanhamento do Ministério Público do Trabalho e da Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego.

DEPUTADOS ESTADUAIS TAMBÉM APROVAM LDO EM SEGUNDO TURNO

Também na sessão plenária desta quinta-feira, foi aprovado em segundo turno na Assembleia Legislativa do Paraná a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2021.

Votaram contra a LDO os deputados da bancada de oposição: Professor Lemos (PT), Anibelli Neto (MDB), Arilson Chiorato (PT), Goura (PDT), Luciana Ragafnin (PT), Requião Filho (MBD) e Tadeu Veneri (PT).

Ao todo foram incluídas 98 emendas no projeto final aprovado pelos deputados, que prevê redução de 4% no orçamento dos Poderes em comparação ao ano passado.

LEIA MAIS: Governo anuncia lançamento de cabo submarino entre Brasil e Europa

Previous ArticleNext Article