São Paulo e Rio de Janeiro registram “panelaço” contra Jair Bolsonaro

Jorge de Sousa

Bolsonaro - panelaço - São Paulo e Rio de Janeiro - coronavírus

As cidades de São Paulo e Rio de Janeiro registraram diversos focos de “panelaço” contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a noite desta terça-feira (17).

A manifestação foi uma antecipação do protesto marcado em redes sociais para esta quarta-feira (18), quando Bolsonaro irá realizar um pronunciamento em rede nacional.

Ambas os estados são as que mais concentram os casos de coronavírus no Brasil com São Paulo liderando o quesito com 164 casos e o Rio de Janeiro logo atrás com 33 casos.

Na manhã desta terça-feira, Bolsonaro afirmou que não deveria ser criada “histeria” com o coronavírus e que iria comemorar normalmente seu aniversário (de 65 anos) neste sábado (21).

Esse foi o primeiro protesto deste nível contra Bolsonaro em pouco mais de um ano e três meses do atual governo.

Em São Paulo foram ouvidos protestos nos bairros de Barra Funda, Bela Vista, Jardins, Higienópolis, Perdizes, Paraíso, Pinheiros, Pompeia, Vila Madalena e Vila Romana.

Já no Rio de Janeiro as manifestações aconteceram em Botafogo, Humaitá, Lagoa, Laranjeiras e Jardim Botânico.

Curiosamente todos esses bairros concentram em sua maioria pessoas de classe média e alta nas duas principais metrópoles do Brasil.

Até o momento nem o presidente Bolsonaro ou outro membro da cúpula presidencial se manifestou sobre o ocorrido.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="689134" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]