Seguridade Social tem déficit de R$ 243 bilhões

Mariana Ohde


A Seguridade Social está deficitária em R$ 243 bilhões no acumulado de 12 meses até outubro. Informações do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, divulgadas nesta sexta-feira (16), mostram que a maior parte desse buraco é formado pelo rombo da previdência social.

Esse balanço, segundo o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, será divulgado trimestralmente. “Nós temos percebido a veiculação de informações equivocadas”, explicou o ministro.

“E essas informações são importantes para o debate da alocação de recursos do Orçamento da União”, afirmou.

A Seguridade Social é um conjunto de ações do poder público destinado a assegurar os direitos relativos à saúde, à Previdência e à assistência social. Esse grupo de ações está previsto no artigo 194 da Constituição Federal.

Oliveira relatou que as despesas da Seguridade Social somam R$ 725 bilhões e, apenas a Previdência responde por cerca de R$ 500 bilhões. Ele ponderou ainda que esse deficit na Seguridade tem crescido de modo acelerado e acompanha o avanço do rombo previdenciário.

Desvinculação das Receitas da União

O ministro ainda explicou que são falsas as informações de que a Seguridade seria superavitária se não existisse Desvinculação das Receitas da União (DRU).

“Sem a incidência da DRU, ainda assim o sistema da Seguridade teria déficit, em 12 meses, de R$ 157 bilhões, o equivalente a 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="404108" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]