Operação Lava Jato
Compartilhar

Moro ouve últimas testemunhas de defesa de Antonio Palocci nesta semana

Com BandNews FM CuritibaA Justiça Federal do Paraná ouve, nesta semana, as quatro últimas testemunhas de defesa do ex-mi..

Fernando Garcel - 27 de março de 2017, 17:03

Com BandNews FM Curitiba

A Justiça Federal do Paraná ouve, nesta semana, as quatro últimas testemunhas de defesa do ex-ministro Antonio Palocci. O petista é o principal alvo da 35ª fase da Lava Jato, batizada de Operação Omertà.

ANÚNCIO

Em depoimento, ex-diretor da Odebrecht afirma que “italiano” é Antônio Palocci

Ex-presidente da Petrobras afirma que nunca tratou de propinas com Palocci

Na quarta-feira (dia 29), estão previstos os depoimentos com os deputados Arlindo Chinaglia e Paulo Pimenta, com o senador Lindbergh Farias, e com o empresário Jorge Gerdau. Na sexta-feira (31), o juiz Sérgio Moro dá início aos interrogatórios com todos os 15 réus do processo.

ANÚNCIO

No final da semana estão entre os que participam de audiências o ex-gerente da Petrobras Eduardo Musa e o executivo ligado à Odebrecht Fernando Migliaccio da Silva. No dia 10 de abril, é a vez do herdeiro da empreiteira Odebrecht, Marcelo Odebrecht, ser interrogado pelo juiz Sérgio Moro. No dia 18 são ouvidos o casal de publicitário João Santana e Mônica Moura. O ex-ministro Antônio Palocci e o ex-assessor dele Branislav Kontic são os últimos réus interrogados. As audiências deles estão marcadas para o dia 19 de abril.

Denúncia

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), o ex-ministro Palocci estabeleceu uma ligação com altos executivos da Odebrecht com o objetivo de atender aos interesses do grupo diante do governo federal. Isso aconteceu entre 2006 e 2015. Nesse esquema, a interferência de Palocci teria se dado mediante o pagamento de R$ 128 milhões em propinas. Os recursos eram destinados principalmente ao Partido dos Trabalhadores (PT). A ação penal decorrente da Operação Omertà tem 15 réus, entre eles Palocci e o herdeiro do Grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht.