Senadores pedem ao STF que Aras seja investigado por prevaricação

Mônica Bergamo - Folhapress

Por 55 votos a 10, Senado confirma recondução de Aras à PGR

Os senadores Fabiano Contarato (Rede-ES) e Alessandro Vieira (Cidadania-ES) apresentaram ao STF (Supremo Tribunal Federal) uma notícia-crime contra o procurador-geral da República, Augusto Aras. Eles querem que o STF encaminhe o pedido ao Conselho Superior do Ministério Público Federal para que Aras seja investigado por prevaricação.

Os parlamentares acusam o procurador-geral da República de omissão quanto aos ataques ao sistema eleitoral brasileiro e omissões e recusas de atuar em defesa do regime democrático brasileiro e na fiscalização e cumprimento da lei no enfrentamento da epidemia da Covid-19.

​A notícia-crime foi apresentada à ministra Cármen Lúcia, do STF, que é relatora de processo sobre os ataques do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao sistema eleitoral. A ministra enviará a petição para manifestação do conselho, no qual será avaliada a instauração do inquérito.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="784030" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]